Competição

A Formula SAE é uma competição de engenharia mundialmente conhecida, organizada pela Society of Automotive Engineers (SAE). Cerca de 200 universidades participam com um protótipo open-wheel monoposto de corrida do tipo formula em competições realizadas na Alemanha, Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, Estados Unidos, Itália, Inglaterra, Japão e República Tcheca. A Formula SAE ajuda no preparo de estudantes para um mundo real de experiências, soluções de problemas, administração e comunicação, a fim de fomentar as necessidades das áreas das engenharias com profissionais capacitados.

O conceito por trás da Formula SAE é o de uma empresa de fabricação fictícia que contrata um time de estudantes para desenvolver um protótipo estilo Formula. Esse protótipo é avaliado pelo seu potencial como item de produção. Cada time de estudantes projeta, fabrica e testa o veículo baseado em padrões e normas de segurança definidas no regulamento da competição e é posteriormente avaliado em uma série de provas.


A pontuação da competição é dividida da seguinte maneira:

Provas estáticas:

Apresentação – 75 pontos
Projeto – 150 pontos
Análise de Custos – 100 pontos

Provas Dinâmicas

Aceleração – 100 pontos
Skid-Pad – 75 pontos
Autocross – 125 pontos
Economia de combustível – 100 pontos
Enduro – 275 pontos


 dsc04578

Inspeção técnica: As provas estáticas são iniciadas com a inspeção técnica e de segurança, para verificação do atendimento de todos os requisitos da SAE, incluindo equipamentos de segurança do piloto. Caso algum item não seja atendido, o veículo deverá se adequar para obter a aprovação em uma nova inspeção, necessária para continuidade do veículo na competição.

Avaliação de custos e manufatura: consiste na avaliação do relatório de custos e viabilidade de manufatura, considerando-se a precisão do relatório, em si, e dos processos de fabricação necessários para a fabricação do veículo.

business_presentation

Apresentação de Negócios: a prova consiste em uma apresentação dos membros da equipe na qual devem convencer uma banca de juízes, tratados como investidores, de que possuem a melhor proposta para a instalação de uma linha de produção de 125 ou mais unidades anuais do protótipo da equipe. Para isso, são levadas em consideração a Análise de Mercado, o Produto, o Processo de Manufatura, a Estratégia de Marketing e a Lucratividade oferecidas. Faz parte da avaliação a organização do grupo e a qualidade da apresentação. Membros da equipe terão 10 minutos para explanação sem interrupções. No final, 5 minutos serão dedicados à perguntas por parte dos juízes e respostas da equipe.

Projeto: avaliação do conceito do veículo, emprego de tecnologias, inovações, qualidade do projeto e esforço empregado pela equipe. O evento inicia-se com a avaliação do relatório de projeto, que deve conter uma descrição breve do veículo, com discussão sobre pontos importantes do projeto, análises e testes (Análise por elementos finitos, testes em dinamômetro, etc). A pontuação é dada em função da qualidade do relatório, do veículo em si, da apresentação realizada e das respostas das questões colocadas durante a apresentação.

accel

Aceleração: avaliação da aceleração do veículo em trecho retilíneo e pavimentado, percorrendo uma distância de 75 m. São possíveis duas tomadas com cada um dos 2 pilotos da prova. Essa prova avalia os quesitos envolvidos na aceleração do veículo, tais como massa, torque e potência do motor e tecnologia embarcada para aceleração (controle de largada, controle de tração, etc).

skid-pad_0

Skid Pad ou Aderência lateral: o objetivo da prova é avaliar o desempenho do veículo em curva de superfície plana e raio constante. O carro deverá percorrer uma trajetória de dois círculos de 15,25 metros de diâmetro em uma faixa de 3 metros de largura. A pontuação baseia-se na performance do veículo quanto à aceleração lateral. Como na prova de aceleração, as equipes podem fazer duas tomadas com cada um dos pilotos da prova.


f-sae_10_rz424

Autocross: a prova destina-se a avaliação da dirigibilidade, desempenho dinâmico e conforto do veículo, combinando performance em aceleração, frenagem, direção e suspensão em um único evento. O percurso tem aproximadamente 1000 metros, e inclui trechos retilíneos, curvas de raio constante e variado, slalom e circuito misto. A pontuação é obtida em função do tempo decorrido no percurso, o que também define a ordem de prova do enduro.

enduroEnduro e Eficiência: No enduro avalia-se o desempenho geral do veículo, confiabilidade e durabilidade. O veículo deve percorrer 22 km no circuito que inclui trechos retilíneos, curvas de raios constantes e variados, slalom e chicanes. A pontuação obtida é em função do tempo utilizado para completar a prova. A pontuação para a prova de eficiência é calculada através do tempo utilizado para completar a prova, do consumo obtido no percurso, do tipo de combustível utilizado e da quantidade de poluentes emitida. 

 

 

Anúncios