Equipe

O projeto Formula SAE é um projeto extracurricular que vem sendo desenvolvido pela equipe Formula UFSM dentro da Universidade Federal de Santa Maria. Ele estimula os alunos de engenharia a projetar, desenvolver, construir, testar e competir com veículos open-wheel do tipo fórmula com o intuito de participar da competição Formula SAE.

Inicialmente denominada Bombaja Racing, a equipe Formula UFSM surgiu no ano de 2010 para representar a Universidade Federal de Santa Maria no projeto Formula SAE. Atualmente conta com cerca de 30 estudantes e é organizada de forma semelhante à uma empresa.

É composta pelo professor orientador (Mario Martins, ex-participante da equipe da Brunel University e ex-juiz da competição Formula SAE), pelos professores colaboradores Fernando Bayer (CTISM), Cristiano Roos e Roberto Hausen, pelo colaborador Joelson Bilhão e estudantes, sendo um deles o capitão e os demais compondo os subsistemas. Os subsistemas possuem estudantes responsáveis por organizar e delegar as funções entre os outros estudantes, de modo a manter constante o fluxo de trabalho.

Com apenas quatro anos de existência, a equipe do interior do Rio Grande do Sul conseguiu resultados expressivos. No ano de 2010, primeiro ano de competição, a equipe se classificou em 14º lugar, uma ótima colocação para uma estreante. Já no segundo ano, com um protótipo de conceito diferente e utilizando a experiência adquirida no ano anterior, a equipe alcançou o 8º lugar, caracterizando-se como a primeira equipe da região Sul do país a figurar no Top 10 Nacional.

Em 2012, a equipe sagrou-se vice-campeã brasileira, feito anteriormente apenas conquistado por equipes do estado de São Paulo. Essa conquista possibilitou à equipe a participação na competição FSAE Lincoln 2013, que ocorreu em Lincoln, Nebraska – EUA, competição que reune equipes das melhores e mais renomadas universidades do mundo.

Em 2013, a Equipe participou com êxito do FSAE Lincoln 2013, completando todas as provas da competição e alcançando a 27º posição num total de 62 equipes, um resultando excelente para uma equipe estreante em competições internacionais.

Na etapa brasileira, devido aos problemas burocráticos de retorno do carro dos Estados Unidos, a equipe encontrou problemas com o sistema de freios e ficou de fora da maioria das provas dinâmicas. Entretanto, devido ao excelente desempenho nas provas de Apresentação de Projeto e Apresentação de Custos e Manufatura, a Equipe Formula UFSM conquistou a 10ª colocação, mantendo-se pelo 3º ano consecutivo no Top 10 Nacional.

Em 2014, a equipe conquistou o terceiro lugar geral na etapa brasileira, sendo segundo colocado entre as equipes brasileiras. O Pégaso, primeiro protótipo dotado de kit aerodinâmico, teve excelente resultado em provas dinâmicas, destacando-se nas provas de consumo de combustível, enduro e autocross. Esses resultados consagraram o projeto do quinto carro da equipe santamariense.

Em 2015, a equipe obteve o 8º lugar geral e em 2016 o 14º lugar geral.

No ano de 2017, com o protótipo Granat, obtivemos o 5º lugar geral na categoria combustão. O ótimo desempenho do protótipo e o extensivo calendário de testes também proporcionaram à equipe o 2º lugar na prova de Enduro, na qual o carro é levado ao seu limite.

A nossa Identidade Visual pode ser obtida através do seguinte link: Identidade Visual.

Anúncios